Sem categoria

O que é independência para mim?

Eu faço parte de um projeto bem bacana, o ROTAROOTS. É uma reunião de blogueiros de raiz que tentam resgatar aquilo que era, e ainda, em algumas ocasiões é, a blogosfera (menos moderna?). Todo mês temos um tema a ser discutido através de blogagens coletivas e essa é minha retribuição desse mês, o mês da independência.

2013-08-02 08.46.55

Independência, simples, é não ser dependente de nada e de ninguém. Gosto muito mais de tratar essa palavra como liberdade. Acho que todos no modo geral começa a pensar isso na adolescência, como se fosse um marco de desenvolvimento. Porém, é difícil, muito difícil e quando está prestes a conseguir dá aquele pânico: “O que vou fazer daqui pra frente?”

É fato que não somos totalmente livres e não temos o direito de ir e vir em qualquer lugar, mas não é só isso, independência é muito relativo. Minha “independência” começou a acontecer com minha emancipação aos 16 anos, mas ainda nesta época era muito dependente, e isso não estranho. nem contraditório, é processo que vai acontecendo aos poucos e isso é mais que natural.

Fico feliz em afirmar que não sou dependente de celular, internet, pais, do dinheiro dos outros, de algum vício; porém sou muito dependente da minha família e da felicidade que ela me proporciona.

Você aí é muito dependente de algo? Novidade: a independência não acontece com um grito de “Independência ou Morte!”

Concluo dizendo, minha adolescência passou e hoje eu quero pro meu futuro mais dependência de coisas que ajuda a alma e menos daquilo que a destrói, mais dependência afetiva e menos orgulho. A busca tão desesperada por essa independência nos afasta das pessoas e da luz que a vida está tentando nos dar, não é mesmo?

E esse tema nos deixa com muita coisa a pensar.

 

“A minha independência tem algemas”

Manoel de Barros

 

Anúncios